Hospital CEMA possui equipamentos de última geração para tratamento de catarata

O principal objetivo é tornar mais eficaz e preciso o procedimento cirúrgico

Não tem jeito. A catarata é uma doença que precisa de cirurgia. Porém, é cada vez mais comum que os médicos utilizem novas técnicas para tornar o procedimento mais eficaz e mais confortável para o paciente. Para tanto, a tecnologia tem sido uma grande aliada nessa busca. Referência no tratamento de olhos, ouvidos, nariz e garganta, o Hospital CEMA possui dois novos equipamentos para agregar ainda mais eficiência e precisão nas operações de catarata. O principal objetivo é levar ainda mais qualidade no tratamento cirúrgico dessa doença.

LenSx Laser

Considerado um dos grandes avanços em Oftalmologia, o LenSx Laser é o mais utilizado em cirurgias de catarata em todo o mundo. Mais de 3.500 cirurgiões já foram treinados para usar o sistema em 67 países. A principal vantagem desse equipamento é que ele possibilita posicionar com precisão a lente intraocular implantada, reduzindo assim erros refracionais (como miopia, astigmatismo e vista cansada) e melhorando a acuidade visual do paciente. Além disso, permite ao médico automatizar etapas, antes realizadas manualmente, com bisturi. No caso do pós-operatório, há vantagens também: o paciente corre menos risco de desenvolver problemas oculares em longo prazo, a recuperação é mais rápida e há menos dependência de óculos corretivos, comumente utilizados após a cirurgia.

 

Verion

Outra grande inovação é a introdução do Sistema de Imagem Guiada Verion, que consiste em um equipamento para estudar o melhor método cirúrgico, analisando as necessidades do paciente individualmente. Ele permite que o cirurgião crie um modelo com informações e imagens para fornecer maior exatidão no manuseio cirúrgico, durante a operação. Possibilita ainda que o profissional documente os dados colhidos para tratamentos em longo prazo da catarata.

A Catarata

Principal causa de cegueira tratável no mundo, a catarata ocorre quando a lente natural do globo ocular, o cristalino, perde a capacidade de foco, ficando opaco total ou parcialmente, o que causa perda progressiva da visão. Por isso, na cirurgia é necessário remover todo o cristalino e inserir um artificial. A catarata mais comum, relacionada à idade, se desenvolve lentamente e sem dor. Apesar de não ser possível evitar a doença, alguns cuidados podem retardar o aparecimento dela: o uso de óculos escuros e a ingestão de alimentos ricos em antioxidantes.

[Saiba +]

Data de Publicação : 09/09/2015